setembro 28, 2005

Quase de sonho... Mas Koeman não deixou.


O Benfica foi a Old Trafford mostrar que não são trocados que se usam por cá. Com uma exibição muito boa perdemos em dois lances de sorte da equipa Inglesa.
Sem envergonhar, mostrando uma solidez apreciável, subimos no terreno a trocar a bola e calámos a arrogância dessa equipa que foi fácil, embora tenha no seu ataque peças preciosas no movimentos final.
Simão mostrou os seus 18 milhões com um livre soberbo, deixando assim o estádio estático, com medo de uma derrota histórica. Nélson fez esquecer de vez aquele tipo, anulando quase todas as investidas da ala esquerda inglesa, o Manel, ou como é que se chamava... Carlos? Serôdio? Não sei, acho que agora joga em Espanha... Léo com 1,60 e tal foi gigante. Rocha é jogador de selecção e Petit, devia ser recompensado com uma embalagem de Eucanuba para o melhor Pittbull de sempre.
Foi com alguma sorte que o Manchester chegou à vitória final em dois lances dependentes de tabelas na defesa, diga-se exemplar, do nosso eterno e glorioso BENFICA.
Mal esteve Koeman ao colocar Beto na extrema direita. Por mais vontade que tivesse, Beto não mostrou qualidades para vingar numa posição que não é a sua. Mal esteve o treinador ao deixar o "soneca" no banco... Porque quando ele engrena faz estragos e pode ajudar a equipa com lances de qualidade necessária. Depois o Holandes, chiça, lembrou-se de refrescar a equipa aos 86 minutos... Ridículo, sem jeito e perigoso.

Foi uma exibição conseguida, digna e reveladora das verdadeiras potêncialidades desta equipa se for bem orientada. A jogar assim a Liga é nossa...

Mesmo depois da derrota no Teatro dos Sonhos, um sorriso deve permanecer na nossa actitude. Aquele sorriso dos que sabem o valor daquilo em que acreditam...

Hop...

2 comentários:

Luis disse...

É triste perder assim! O Koeman errou, não tanto em colocar Beto, mas mais em não o ter deixado no banco logo no intervalo. Após o nosso golo a atitude transmitida pelo treinador foi exactamente a oposta ao que tinha avançado na noite anterior. Disse ele, se bem se lembram, que o Benfica não podia jogar para o empate porque senão perdia o jogo. Pois bem, foi o que ele fez e foi o que aconteceu. O Miccoli podia andar escondido, mas tinha sempre 2 defesas em cima dele. Dois defesas que assim não subiam no terreno.
Paciência, venha o Villareal.

V.P. disse...

O futebol é belo e único precisamente pelo imprevisto e "crueldade" de certos momentos...Momentos esses que nos fazem chorar,gritar,lutar,sonhar...

Por muitas tácticas ou estratégias que use um treinador, independentemente dos jogadores que escolhe, haverá sempre o azar e a sorte !

O jogo de ontem resume-se ao somatório destes factores, ficando o benfica a perder em sorte e a ganhar em azar !

Por tudo isto EU concluo dizendo que Ronald Koeman desta fez foi tudo menos culpado nesta derrota.

Fiquem bem !