janeiro 19, 2007

Em tempo de guerra...

... sobretudo durante a 1ª e 2ª guerra mundial morria muita gente. Como eram básicamente homens que ocupavam o território e conquistavam as províncias à custa da guerrilha directa entre tropas, os confrontos com artilharia pesada resumiam-se a pontos estratégicos de maior importância. E era exactamente nessas batalhas que morria mesmo muita gente. Quando digo muita, era mesmo muita gente... Então, como era possível reconhecer, identificar e supultar soldado a soldado, era muito frequente erguerem-se monumentos ao soldado desconhecido. Esses monumentos generalizavam e homenageavam num pouco por todo o lado essa quantidade absurda de homens sem rosto que perderam a vida por uma causa comum.

Ora bem, o que quero dizer com esta treta toda é que se passa o mesmo com uns tais de anónimos que passam o tempo a comentar por esses blogs fora, sem dar a cara nem sequer o nome, aos seus comentários maioritáriamente mesquinhos, intriguistas e intelectualmente paralíticos. Então, numa missão quase impossível, o Benfica Até Morrer, procurou, saiu às ruas com questionários, falou com a CIA e FBI na tentativa de identificar ou exemplificar, qual será a aparência média de um tal desses anónimos.
O resultado é bastante satisfatórios, mais pêlo menos pêlo (literalmente) são todos muito parecidos.

Aqui fica em primeira mão a fotografia, única até hoje, de um anónimo, para que todos os que a vejam, possam um dia na rua reconhecer as trombas da raça mais inútil da blogosfera...

2 comentários:

anónimo, o anti-benfica disse...

tá bom assim ?? ou tenho que meter o nome completo ???
e vocês ?? dão o nome ??quem assina como «benfica até morrer» ou «diz que não sabe escrever», não tem legitimidade para acusar ninguém de não dar nome...

diz que não sabe escrever disse...

Ó anónimo, continuas a mentir. O teu cognome não é anti-benfica. Aliás, tu nem deves ser anti-benfica porque se fosses nem perdias tempo em vir cá. Experimenta passares a usar o mesmo nome, ou pseudónimo, que usas quando frequentas os blogs da agremiação a que és afecto. E se quiseres, também podes sujar um pouco mais o espaço em que digitas ao escreveres o nome do clubito que apoias. Era interessante...
Quanto a mim... podes-me chamar de Joõhe, o «diz que não sabe escrever».