outubro 25, 2006

Pérolas a porcos

Tenho-me divertido à brava com os últimos acontecimentos. E porquê? Porque finalmente os coelhos estão a sair da toca (e outros da cartola) . O Sr.Luis Filipe Vieira acenou com umas cenouras rechonchudas e logo eles se precipitaram cá para fora de rabinho bem arrebitado e com o orifício anal em conformidade com o diâmetro da Daucus carota!

Mas haverá alguém, que em decência e abono da verdade, compreenda ou aceite esta azáfama e aqui d'el rei que alguns quadrantes da sociedade têm apregoado relativamente às declarações do Sr. Luis Filipe Vieira?

Haverá alguém, que preencha os requisitos mínimos do bom senso, que não se questione sobre a dualidade dessas mesmas pessoas que, não há muito tempo atrás, tanto criticaram e apelidaram de vergonhoso o trabalho de um certo senhor que validou um golo marcado com a mão (e que só a repetição elucidou) num estádio que é um hino à tradição lusa de "azulejar" tudo e mais alguma coisa, e que agora não querem aceitar o que é óbvio para quem sabe dar o devido uso aos olhos?

Compreendem as pessoas que pugnam pela verdade que certos indivíduos usem o estandarte da verdade e transparência desportiva e que depois se escondem sob um silêncio constrangedor mas elucidativo das reais intenções de quem ocupa os mais importantes cargos da fita de futebol português?

Haverá, ou terá nascido uma nova religião neste país de brandos costumes, na qual o direito à liberdade de expressão cessa quando alguém que, crente noutros deuses, crítica o pároco maior dessa nova mas dúbia entidade?

Infelizmente a única transparência que vejo é a dos carácteres dessas pessoas. São óbvias e pequenas. Muito pequenas mesmo. E o facto de ocuparem cargos de relativo valor, que usam com fins desinformativos, especulativos e de cabal e penosa inércia, não vos atribui cariz de importância alguma. Pelo contrário. Para quem anda de olhos bem abertos essas pessoas não são mais do que os palhaços duma sociedade que ri quase sempre sem saber de quê nem porquê.

Por isso mesmo eu, enquanto apoiante e sócio desta enorme Instituição, subscrevo todas as críticas lançadas pelo Ex.mo Sr. Presidente Luis Filipe Vieira e acrescento mesmo mais uma:

Rui Santos (o Sr. não é aplicável a esta criatura) de uma vez por todas veja se cresce e aparece. As suas críticas são inóquas e desprovidas de substância como estou em crer que assim é também o seu carácter. Muito tem falado e especulado sobre uma hipotética vaga de indisciplina que reina no plantel do Sport Lisboa e Benfica. Raramente, para não dizer nunca, o ouço falar dos grosseiros erros de arbitragem que desde o início da época têm caracterizado os jogos do Benfica. Mas, e só para o ensinar a fazer jornalismo, uma vez que não sabe nem o conseguirá em momento algum saber fazer, atente nos seguintes dados que deitam por terra a sua teoria do cáos. Na montra do que de melhor há no futebol, falo da Liga dos Campeões, o Benfica leva 4 cartões amarelos e zero vermelhos nos três jogos que disputou. Onde está a indisciplina? Ou será que a disciplina é directamente proporcional aos árbitros envolvidos? A ligação é óbvia e indisfarçável e, muito sinceramente, não será a sua atitude serventilista, ou o seu aspecto ridículo que o conseguirá camuflar. Se quiser começar a fazer jornalismo sugiro duas "coisinhas".

Primeiro: procure ser imparcial.

Segundo (e mais importante) : tente tirar o curso de jornalismo. Pode ser que a partir daí consiga dar uma para a caixa... mais do que levar nela!


Saudações Benfiquistas

LFP

3 comentários:

lagartomortodefome disse...

oléééééééééééééééééééééééé....

Anónimo disse...

esse é andrade não é?

Anónimo disse...

querem conhecer a ultima?
a carolina salgado já tem substiPUTA! trata-se de uma loira avacalhada que tem uma loja no centro comercial chamado" Brasília" no centro de Penafiel.Segundo diz quem conhece bem; esta vai levar o porco da costa finalmente à cova! Bem Haja!