setembro 14, 2007

Ora bem...

Há alguns temas a tratar hoje. Alguns com uns diazitos de atraso outros bem em cima da hora...

Para começar e como fã da modalidade, gostava de dar aqui os meus parabéns à selecção de baquetebol nacional. Embora somente com dois jogos ganhos, além de terem conseguido ir muito mais longe do que alguma vez se pensasse, ainda deram imagem de um país que quer continuar a firmar-se no panorama do basket europeu com boas exibições. Falta agora, óbviamente, ter jogadores que evoluam o suficiente para o conseguir.

O segundo tema tem a haver com a selecção nacional de rugby. Os rapazes têm muita raça e amam muito o seu país, é verdade... Sentem a camisola como os nossos futeboleiros não o fazem à anos e lutam como atletas que são. Mas o brio de representar um país passa por muito mais do que cantar emocionadamente o seu hino, é preciso ter "cabeça" para fintar os adversários sem os por K.O...


A seguir gostava de falar de um tipo que está à demasiados anos no nosso país e continua a insultar os nossos fora de jogo. Impedimento para aqui, impedimento para ali e nem uma esquerda de jeito o merdoso conseguiu sacar... E depois, em menos de 3 segundos, quando o gajo que ia apanhando lhe ia a saltar para cima, o brasuca já estava atrás de um milhar de gajos, fugindo vergonhosamente ao acabar o que tinha começado. Vê-se mesmo que não é tuga, ao menos o João "punhos" Pinto aviou o árbitro em pleno mundial e ainda lá foi para ver se dava outro. Sr. Scolari, peça para cagar e saia de jogo, e já agora leve o inerte do meco e o bronco do pepas da nossa selecção.

Continuando, chega a vez de falar do que importa. Hoje o processo que juntava os nomes Mantorras e Luis Filipe Vieira foi arquivado. A tal transferência que a tantos dava argumentos para andar a grasnar por aí, afinal era um balão vazio... Parecia muita coisa, mas depois de aberto só saiu ar.
Ainda bem que era um balão, se fosse um otário da costa, esse ar seria fétido e acompanhado de um barulhinho tipo prrrrr... pfffffffff... prrrrrrrr....

Para terminar, e após ter assistido neste fim-de-semana que passou à conquista de mais uma super taça de futsal, soube hoje que os nossos bravos limparam uma equipa da Arménia, Politekhnik de Yerevan, por 17-2 na fase de qualificação para a Taça Uefa da modalidade... Nem sei que diga! Antigamente dizia-se que era um resultado dos antigos... E se os antigos o diziam é porque sabiam, então é porque deve ter sido...

(Tou farto de escrever)

Amanhã defrontamos a Naval (única equipa a quem o Benfica nunca ganhou para campeonato) e só queremos pensar em mais uma vitória, por isso:

FORÇA BENFICA!

2 comentários:

allez benfica disse...

Patins no homem e ala com ele daqui para fora. Muito se fala do que ele alcançou por Portugal... não fez mais do que a sua obrigação. Tem um leque de grandes jogadores ao seu dispor para conseguir o que conseguiu.
Lembrem-se do que o Humberto conseguiu quando muitos deles estavam ainda verdinhos. Mas esse, talvez por ser Português, ou talvez pela conotação clubística, foi afastado o quanto antes, não fosse ele ganhar alguma coisa.

Anónimo disse...

Por acaso já ganhamos á Naval. Á rasquinha mas ganhamos (Micolli a inventar um golo nos ultimos minutos).