setembro 19, 2007

Prometem...

Noite europeia e uma vez mais no caminho do Glorioso aparece o campeão europeu em título. Contudo as contas acabaram por ser um pouco diferentes. Se da última vez que defrontámos o campeão europeu em título vencemos no seu reduto por duas bolas a zero, numa exibição memorável, desta feita não conseguimos travar o todo poderoso Milan.

A vitória é justa e incontestável e, olhando para o onze do Benfica, quase se adivinhava. Na ausência de 3 internacionais de peso e valor incontestável, Luisão, David Luiz e Petit, Camacho viu-se obrigado a remendar a equipa e apresentar uma dupla de centrais muito jovem e pouco rotinada.

No entanto, e ao contrário dos subordinados do enclave do bedum, o Benfica não esteve assim tão mal quanto querem fazer crer. Antes pelo contrário. Jogando sempre onze contra onze, o Benfica conseguiu boas trocas de bola no meio campo dos campeões europeus (é um ranking superior a vince campeão) por algumas vezes o Glorioso esteve perto do empate. Entre os vários remates regista-se uma bola no poste num lance onde Tacuara tinha tudo para marcar. Mas os vendidos esqueceram-se dos lances do Benfica e registaram apenas os do Milan querendo desta forma transmitir a ilusão de que o Benfica não existiu. Esqueceram-se é que a esmagadora maioria terá assistido ao jogo entre o melhor da Europa e o maior do Mundo.

Mas nós sabemos o porquê desta atitude. Assim torna-se mais credível a tentativa de transformarem um outro resultado, frente aos vice-campeões, os tais que quando eram os campeões em título foram encavados pelo Glorioso (tanto na Luz como em Anfield Road), mas, dizia eu, assim podem transformar um resultado medíocre num grande sucesso para as onze antas fecais. E aí nem o facto de apenas terem apresentado futebol durante 8 minutos (!) ou o facto de terem jogado a segunda parte praticamente toda com um jogador a mais pesa na análise.

Uns são bons porque empatam em casa com os vice campeões europeus e outros são maus porque perdem fora com os campeões europeus. Da nossa parte, muito obrigado. Com estas tentativas de deitar abaixo só mostram o muito que esperam do Glorioso e o pouco que esperam dos outros.

E, sinceramente, nem me apetece dizer mais nada. Pois quando leio que o Di Maria esteve em fraco plano, mesmo depois de partir uma série de rins aos campeões europeus sinto que fico sem palavras.

Para o fim deixo as palavras de Kaka no fim do jogo:
" (O Benfica) Tem tudo para continuar na champions. É uma equipa com jovens jogadores de muito talento, comandada por Rui Costa"

3 comentários:

RG METAL'88 disse...

hola amigo!ha vinto il MILAN ma E' SIEMPRE UN ONORE JUGAR CON BENFICA! Espero que Milan e Benfica passano il GRUPPO D. SIEMPRE VIVA IL GRANDE GRANDE GRANDE MAESTRO RUI.
Ciao amigo!

Biohazard disse...

Pois, só perdemos com a equipa que no ano passado na final da champions limpou o liverpool sem espinhas.
Embora não estejam tão bem no campeonato, quando jogam na europa são uma equipa demolidora.
2-1 não me parece nada do outro mundo, até porque se o lance do Óscar vai la para dentro a coisa fiava por mais miudo.
Sempre de cabeça levantada.
SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS

charles disse...

É verdade concordo. O Benfica não jogou tão mal como isso mesmo com 4 jogadores importantes de fora Luisão, David Luis, Nelson e Petit. Quero ver como vai ser quando vierem cá.
Bom Blog.
Visite blog
escreverslb.blogs.sapo.pt