fevereiro 21, 2006

Poderoso bater de asas na taça dos sonhos...

Estrondoso, genial, finalmente um Benfica ao nível do plantel que tem. Que força é esta que mora no peito desta equipa? Um jogo irrepreensível quer táctica quer anímicamente. Soberbo controlo dos acontecimentos. Chegámos a ter 60 % da posse de bola frente ao todo poderoso Liverpool. Muito bem posicionados, somente Beto destoou num conjunto de luxo que abateu o actual campeão europeu com a frieza de quem entra em campo a saber tudo o que tem a fazer. Desta feita está de parabéns o senhor Koeman que soube moralizar e montar uma equipa que vinha de uma derrota pesada frente a um dos últimos classificados da liga Portuguesa. Fica a questão: E se jogássemos sempre assim???? Ou melhor: Porque não jogamos sempre assim???

Depois do Manchester o Inferno da Luz, aquele que mais perto reproduz o verdadeiro terror aos adversários, voltou a estar cheio de almas crentes numa filosofia de vida preenchida por uma riqueza comum, só encontrada perto das maiores legiões. A nossa catedral não abriga uma religião ou ordem, é a casa da maior entidade de sempre, aquela que mais pessoas põem a sonhar e a sorrir, a desesperar e a chorar. Mas quando os deuses em campo fazem da bola uma arte adornada de suor, em mais lado nenhum tantos se emocionam como na LUZ. Grande Benfica o maior do MUNDO...

Domingo temos os porkos para devorar até aos cotos... Com esta vitória podemos relançar o campeonato com uma vitória sobre o primeiro. Ficariamos a cinco pontos e eles ainda vão a Alvalde mais lá para a frente. Tal como hoje, quem sabe? Sonhar não é proíbido...

PNV (Hop...)

1 comentário:

Art disse...

SOMOS OS MAIORES. VIVA O BENFICA