novembro 11, 2008

3-Ó


O Desportivo das Aves levou 3. Podia ter levado mais e até podia ter marcado... Mas não, na primeira meia hora o Benfica aviou os rapazes e depois passeou!

O termo passear até pode parece demagógico, mas foi o que aconteceu...

Cardozo passeou preguiça e ineficácia...

Aimar passeou classe e génio num lance capital, mas depois passeou facilitismo galopante ao falhar mais duas ocasiões que noutro jogo poderiam ser fatais.

Maxi passeou garra querer e classe no golo marcado de pé esquerdo e durante todo o jogo!

Martins passeou uma panóplia de assistências, algumas que deram golo, outras que o Tacuara não tinha corrida para elas. Entendeu-se com Aimar, ou melhor, pareceu que se pode vir a entender de forma positiva com Aimar.

Léo passou a sua experiência pelo campo e mostrou-se muito melhor a atacar do que Ribeiro.

Yebda passeou muito jogo. Marcou de cabeça num lance fabuloso e lutou muito a meio campo. Por vezes ainda tarda no passe de morte para a desmarcação de alguém.

Moreira passeou imenso nada que fazer... Quando teve cumpriu!

A defesa por vezes passeou desatenção, e digo mesmo que com uma equipa mais concretizadora, Luisão e companhia teriam passeado um par de vezes ao fundo das redes para ir buscar a bola.

Binya passeou passes falhados e poucas faltas, mas ainda assim não consegue deixar de jogar sem acertar nos calcanhares dos adversários.

Balboa passeou uma evidente falta de enquadramento no mundo do futebol.

Resumindo, foi um jogo fácil, mas muito por causa de um Aves que entrou a tremer na Luz.


Mas de rir, mesmo de rir, foi a análise de um animal comentadeiro no programa desportivo da SICk Nutícias que deu logo a seguir ao jogo:


A besta conseguiu ver um fora de jogo no passe magistral do Aimar para Maxi e, agora é que vai ser, afirmou que o golo do Luisão foi marcado com o braço!!!!


AHAHAHAHAHAHAHAH...


Quem lhe espetasse com o burro alves na tromba fazia pouco da violência!

6 comentários:

Paulo disse...

Essa da SIC Notícias não sabia!
Meu Deus, é de bradar aos céus!

lagartomortodefome disse...

Foi a besta do guilherme amijar! que asno senhor...

o porto apanha no cú disse...

Eu diria que o Balboa está para o futebol assim como o Aguiar está para comentar.

biohazard disse...

Acho que o golo do Yebda também foi em falta... falta do cabelo que ele cortou e que permitiu que cabeceasse com aquela perfeição.

Depois de ouvir os comentários desse boi fiquei mesmo a pensar que o jogo não teria sido tão fácil se não fosse a ajudinha do árbitro.

Morre tripeiro, cego da maneira que és pode ser que te atires para a frente de um autocarro.

SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS

Anónimo disse...

Perante um adversário tão mediocre (Desp. Aves), era de esperar um Benfica mais atrevido. Embora tivesse jogado o quanto baste (3-0), ainda não me convenceu, pelo facto de jogar c/ dois trincos (Yebda e Binya), demonstando aqui o Sr. Quique Flores, medo do adversário, independentemente de ser ou não inferior - e mais grave ainda, transmitir isso aos jogadores.
O meu Benfica tem jogadores suficientemente bons (esta época) para jogarmos no clássico 4X3X3 (equipa de ataque sem temer o adversário), senão vejamos:
DEFESA: Maxi Pereira, Luisão-Sidnei ou David Luiz e Lheo ou Jorge Ribeiro
Obs: Os laterais posicionados entre a defesa e meio campo, possibilitando a dobra e maior apoio ao meio campo. Um dos centrais mais adiantado em relação ao outro (antigo libero), possibilitando um maior apoio ao trinco, fazendo assim com que não se defenda em cima da nossa pequena área, benefeciando o adversário e como tal dissabores para a equipa.
MEIO CAMPO:Carlos Martins (jogador possante e remate forte) ou Ruben Amorim, Pablo Aimar ou Di Maria e Yebda ou Di Maria, quando atacamos ou Katsoranis/Binya quando defendemos, funcionando aqui o Yebda e Katsoranis como trincos, derivando depois para a esquerda.
ATAQUE: Suazo ou Balboa (se jogar c/ mais atitude), Nuno Gomes ou Cardozo e finalmente Reys ou Di Maria.
NOTA:Bem vindo Davi Luiz, depois de longo tempo parado, já com uma grande atitude dentro de campo (fome de bola).
Se tivermos dentro esta atitude, seremos concerteza campeões em todas as frentes, bastando para isso que o Sr. Quique Flores não seja medroso (Seja adepto do bom futebol de ataque, apanágio da equipa do Benfica).

SAUDAÇÕES DE UM ADEPTO BENFIQUISTA

Anónimo disse...

Caro anónimo, também me parece que Quique tem falhado ao apostar em 2 trincos, à semelhança do que Camacho tinha feito, com os resultados que se conhecem. Não se compreende como uma equipa como o SLB, ainda para mais com um plantel como o desta época, se retrai num esquema muito defensivo, sobretudo nos jogos da Luz, em que temos de assumir as despesas do jogo.
O erro de Quique tem sido dotar a equipa de 2 trincos, confiando a 2 uma tarefa que podia ser entregue a 1 só jogador de qualidade, se fosse auxiliado pelos companheiros do meio-campo e por laterais mais ofensivos que Maxi e Ribeiro.
Poupáva-nos assim de ter de gramar com Bynia em campo e permitir-nos-ia avançar para o sistema do losango, ideal para uma equipa que quer dominar e organizar o jogo, tendo Aimar características ímpares para actuar como vértice mais adiantado, isto é, como nº10.
Espero que Quique tenha tirado ilações deste jogo com o Aves e que finalmente estanque o excessivo rotativismo que tem penalizado a equipa (o que também depende do preparador físico), mas não se atenha ao esquema único de 442 clássico com os jogadores demasiado posicionais, que já nos tem valido problemas.
P.S. As declarações do comentadeiro são completamente hilariantes, próprias de quem perdeu a vergonha. Mas são um bom sinal. Nesta altura do campeonato há já quem sofra de azia...
Abraço,
Zé Amaral