maio 20, 2008

Liar, Liar, Pants on Fire

Enquanto os pasquins desportivos se divertem a passar mensagens que de novo têm apenas o dia e o ano em que são (re)editadas, outros há que procuram não deixar cair no esquecimento o mais vergonhoso dos casos desportivos alguma vez passado em Portugal. E aos poucos, que tudo de uma só vez pode ser demasiado, vão revelando o carácter, ou a falta dele, desse peido a quem tantos prestam uma vassalagem, no mínimo, fecal!


Através deste link poderão tomar conhecimento de mais uma mentira do peido que foi posta a nú... sem que outros orgãos de comunicação social disso façam eco. Preferem, ou a isso estão contratualmente obrigados, escrever linhas e mais linhas sobre hipotéticos fracassos de gestão desportiva que possam estar já a ocorrer com o actual gestor desportivo do glorioso, Rui Costa.


É bonito ver como, com estas evidências, se mostram não só os podres desse mafioso flatulento como também a mediocridade de 95% dos média, os ditos mérdia, bem como de uma franja de gente com supostas responsabilidades cívicas. Depois existe ainda um razoável número de personalidades caquéticas cujo certificado de óbito intelectual há muito foi tornado público... pelos próprios... sejam eles pilatos ou aspirantes a músicos!

Vale mesmo a pena ler. Mas, e como é certo que mais dia menos dia o link será desactivado, decidi fazer uso do bom costume do copy & past deixando assim o conteúdo do dito link nas linhas que abaixo se seguem. Enjoy!


18 Maio 2008 - 13h00

‘Apito dourado’ - Presidente portista afirmou que nunca esteve com Valentim no camarote vip do Bessa
Foto prova que Pinto da Costa mente em tribunal
É mais uma mentira. Nunca o Valentim Loureiro esteve comigo no camarote VIP, ele ficava sempre no camarote da família." As palavras são da autoria de Pinto da Costa, em pleno Tribunal de Gondomar, na recente acareação com Carolina Salgado. O CM encontrou uma fotografia que prova que o testemunho do presidente do FC Porto não corresponde à verdade.


Corria a noite de 30 de Dezembro de 2003, quando o Estádio doBessa XXI, remodelado a pensar no Europeu de 2004,era inaugurado num jogo particular entre oBoavista e os espanhóis doMálaga. Entre os vários convidados, estavam o líder dos dragões,Pinto da Costa, e Rui Rio, presidente da Câmara do Porto.

Ambosaparecem na imagem, a acompanhar o major e o filho, João Loureiro, na tribuna VIP do complexo boavisteiro. Aliás, apenas uma cadeira separava Pinto da Costa do actual presidente da Câmara de Gondomar e da Assembleia Geral da Liga de Clubes.

Na acareação da passada quarta-feira,Carolina Salgado voltou a afirmar que presenciou encontros entre ValentimLoureiro, Pinto da Costa e Pinto de Sousa, antigo presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol,norestaurante Degrau Chá mas também no camarote VIPdo Bessa.

O presidente portista rejeitou imediatamente a ideia, com a justificaçãodequeValentimfica sempre no camarote familiar.

Ouvido na qualidade de testemunha, no julgamento que decorre actualmente em Gondomar, o líder do FCPorto está juridicamente obrigado a dizer a verdade, ao contrário dos processos em que é arguido, onde essa imposição legal já não se verifica.

Durante a acareação com Carolina Salgado, que durou cerca de seis minutos, Pinto da Costa não se coibiu de acusar, várias vezes, a ex-companheira de falso testemunho em tribunal. A autora do livro ‘Eu,Carolina’ respondeu na mesma moeda: "O senhor Pinto da Costa está a mentir."

MAJOR DIZ QUE FOI "EM DIA DE FESTA"

Valentim Loureiro admitiu aoCMa presença de Pinto da Costa na tribuna VIPna inauguração do Estádio doBessa XXI."Era dia de festa. Portanto, é normal que o presidente do FCPorto, como outras pessoas importantes, tenha lá estado. Mas penso que, em tribunal, Pinto da Costa se estivesse a referir apenas a jogos do campeonato", afirmou o major.

Valentim Loureiro admitiu aoCMa presença de Pinto da Costa na tribuna VIPna inauguração do Estádio doBessa XXI."Era dia de festa. Portanto, é normal que o presidente do FCPorto, como outras pessoas importantes, tenha lá estado. Mas penso que, em tribunal, Pinto da Costa se estivesse a referir apenas a jogos do campeonato", afirmou o major.

CAROLINA OUVIU DIÁLOGO NA SALA VIP

Carolina Salgado revelou, em fase de instrução, uma conversa que ouviu na sala VIP do Estádio do Bessa, na época 2003/04, em que o major se mostrava indignado a Pinto de Sousa pelas arbitragens dos jogos do Gondomar. Como testemunha no julgamento que ainda decorre, Carolina não conseguiu precisar a partida em que o diálogo ocorreu.

PORMENORES

Pinto da Costa e Rio

No rescaldo da inauguração do Estádio do Bessa, a Imprensa destacou a presença, no mesmo local, de Pinto da Costa, líder máximo doFCPorto e Rui Rio, presidente da Câmara portuense.As relações entre ambos encontravam-se no auge da crispação, a poucos meses do início do Europeu de Futebol de 2004, realizado em Portugal.

Jurou dizer a verdade

Enquanto testemunha no julgamento do ‘Apito Dourado’, a decorrer noTribunal de Gondomar, Pinto da Costa jurou dizer a verdade. De acordo com o artigo 360.º do Código Penal, o crime de falso testemunho incorre em pena de prisão até cinco anos ou pena de multa até 600 dias.

Empate com espanhóis

Para o jogo de inauguração do Estádio doBessa XXI, a direcção axadrezada convidou os espanhóis doMálaga.Ojogo terminou num empate sem bolas, sendo que na equipa de Boavista se destacava Raul Meireles, actual centro-campista do FC Porto e da selecção nacional.

Tânia Laranjo / Sérgio Pereira Cardoso in Correio da Manhã

2 comentários:

lagartomortodefome disse...

É mesmo um animal... Está habituado a fazer dos adeptos andrades estúpidos, como eles vão sempre atrás do ladrar dele, deve pensar que o resto dos portugueses são igualmente otários!

Coitado, agora já é cegueira.

Anónimo disse...

Giro também no texto é ver que o trafulha do major vem dizer que se calhar o corrupto da costa se referia só a jogos do campeonato.

Apito Dourado a filme de comédia, já!