maio 14, 2008

O rapaz até ficou com a BEXIGA apertada...



Assunção queixa-se à polícia

Paulo Assunção terá sido ontem, ao final da manhã, à saída do centro de Estágio do Olival, ameaçado por quatro homens que lhe exigiram que renovasse o seu vínculo contratual com o FC Porto. O jogador queixou-se à polícia. Dragões desconhecem o caso.

ASF Segundo informações recolhidas junto de testemunhas oculares, os ameaçadores terão dito a Paulo Assunção que se este não renovasse com o FC Porto até quinta-feira poderia ver a integridade física ameaçada. Assunção ficou assustado e dirigiu-se a uma esquadra da PSP para apresentar queixa. Pouco tempo depois, A BOLA contactou telefonicamente Paulo Assunção, que disse o seguinte: «Estou assustado. Disse tudo o que havia para dizer na polícia, apresentei queixa na esquadra das Antas.»

in A Borla.pt


Coitado do rapaz... Nem sabe onde está metido!

A escumalha que vive à volta da agremiação por quem jogas é capaz de tudo!
Vou-te lembrar alguns casos, alguns se calhar nem nunca ouviste falar...

Passando por cima de umas dezenas de agressões medievais a alguns jornalistas por esse país fora (todas elas relacionadas com jogos do porco ou então com jornalistas de quem o porco mór não gostava) posso mencionar algumas que os animais dos super-dragays fizeram a jogadores ou treinadores.

Um tal de Cu Adriaanse, holandês, a certa altura e depois de umas derrotas humilhantes é abordado por uns encapuçados à saída do centro de estágios de V. N. Gaia; o resultado foi a sorte de um mecânico qualquer, que teve de indireitar a chaparia do bólide que foi amassada à paulada;

O famoso luso-brasuca M(d)eco, antes da sua ida para Espanha, foi apanhado na noite do porto e levou uma malha dos mesmos gajos que agora te intimidaram;

O Costinha, um curtido que quando apanhava na cabeça caía no chão a estrebuchar, foi apertado por esses animais no ano em que o Mourinho bazou... Nessa mesma altura, Derlei e Caniche passaram pelo mesmo...

Portanto tem juízinho e põe-te fino, esses cães de fila vão-te apanhar e nem penses que a queixa que fizeste na polícia te vale de alguma coisa, da próxima que lá fores, na volta, ainda apanhas mais!

Aqui fica um trecho de um artigo já com alguns anos:

"A ruptura total, essa, aconteceu no domingo passado, após os ataques de alguns adeptos ao carro do treinador holandês Co Adriaanse, com o FC Porto a induzir responsabilidades a elementos dos Super Dragões e a retirar-lhes o apoio

Para trás fica uma intimidade quase promíscua, como denunciava Costinha, em entrevista à revista Sábado em Novembro do ano passado. "De dia ameaçavam os jogadores, à noite jantavam com dirigentes do FC Porto", referia o médio agora no Dínamo de Moscovo. O jogador reportava-se à época passada, em que os Super Dragões invadiram um treino de Victor Fernandez antes do jogo em Guimarães, terão agredido jogadores após o empate com o Nacional, na Madeira (Derlei passou a andar com seguranças até ir para a Rússia), serviram de guarda-costas a Carolina Salgado nas bancadas do Estádio da Luz e escoltaram Pinto da Costa ao Tribunal de Gondomar. "Macaco" tornou-se até visita de casa de Pinto da Costa, onde esteve no último Natal. "A minha mulher é muito amiga da Carolina [Salgado]", lembra o líder da claque no seu livro.Uma intimidade que começou a escrever-se numa discussão entre os dois, em plena crise da época 2000-2001. O FC Porto fora goleado no Restelo (4-1) e os SD foram de madrugada pintar as paredes do Estádio das Antas com frases contra a SAD, "para abanar a estrutura", justifica Madureira. Supreendidos por Pinto da Costa, deu-se um confronto verbal. "Há alguém do nosso grupo que manda uma boca e o presidente sai do carro. Vira-se para mim e pergunta se fui eu. Não, não fui eu. Porquê, qual é o problema?, respondi". A claque ganhou ali o direito ao apoio institucional do clube, pela primeira vez desde a fundação. Apoio que perdeu agora, cinco anos e muitas cumplicidades depois.

4 comentários:

Anónimo disse...

Seria extraordinário se isso acontecesse, finalmente o Porto pagaria um pouco pelo que de mau tem feito ao futebol português, transformando-o num enorme lamaçal.
E eles continuam a falar do passado, da ditadura.
Dêem uma olhadela a este link... é incrível, as coisas apertam e eles começam a deturpar tudo na história para se justificarem. Supostamente é para rir, mas eu acho que é para chorar:

http://cavalheirosdoapocalipse.blogs.sapo.pt/23401.html

VeRMeLHoVZKy disse...

Sem falar nos Jornalistas...

Lembram-se da cena do Rui Santos? Porque acham que ele se calou bem caladinho? Como aconteceu com o amiguinho dele, Eugénio Queiroz?

Abraço,

V.

águia_livre disse...

No Porto não precisam de conversar para assinarem contrato.

Têm os arruaceiros e chega. Eles levam papel e caneta e, sorrindo, dizem: Amiguinho, assina.

E eles todos "contentes", assinam.

Saudações.

Paulo disse...

Parece que os nossos rapazes também andam a levar uns (mercidos) apertos ultimamente. Eu acho muito bem!