outubro 03, 2005

Mais do mesmo

O Glorioso entra hoje em acção com a perspectiva de se reaproximar do topo da classificação. Com efeito, e até ver, a jornada tem sido benéfica para os nossos lados, pelo menos no que aos quase tão crónicos candidatos ao título quanto o Benfica diz respeito. E a coisa esteve mesmo para ser perfeita. Esteve! Mas não o foi. E não foi porque um determinado Duarte Gomes fez questão em mostrar as linhas mestras que têm definido este início de época. O porto, em ano de aniversário, deve ser tratado como um bebé (mas daqueles muita feios e abomináveis) e como tal há que levar a sebosa criatura com tendência para a bestialidade ao colo. Se não, repare-se:
- 1 golo perfeitamente legal do Marítimo invalidado pelo senhor do apito (daria o 2-0)
- 1 pénalti por marcar a favor dos maritimistas (poderia dar o 2-0 ou, atente-se à linha anterior, o 3-0)
- 1 agressão de McCarthy sobre o guarda redes do Marítimo que nem falta deu! (expulsão perdoada)
- 1 vermelho directo a um jogador do Marítimo após o 2-2 (vá-se lá saber porquê!)
E poderia continuar por aí fora, mas não vale a pena. O que vale a pena dizer é que nós estamos atentos. Não só a estas exibições vergonhosas de alguns dos nossos árbitros como também aos comentários mais ou menos risíveis e patéticos dos "mestres da asneira" que comentam os jogos em directo. Mas enfim....
Para trás ficou também a derrota do Sporting que, de tão óbvia, nem merece ser comentada. Aplausos no entanto para o rei dos frangos, o Ricardo, que deu uma lição de civismo àquelas duas meias duzias de adeptos que se faziam passar por uma claque leonina.
Por fim, e como o melhor guarda-se sempre para o fim, de realçar os comentários do treinador que nos há-de levar à renovação do título, o senhor Koeman. Falou ele, e muito bem, da estranheza deste calendário. Falou ele, e muito bem, da facilidade com que as opiniões se alteram em Portugal, numa clara alusão às críticas dirigidas ao treinador dos lagartos, o benfiquista Peseiro. Eu, defendendo a minha opinião, posso apenas dizer que mantenho as minhas palavras desde o momento em que o Peseiro foi para Alvalade. Aquele é o melhor treinador do Sporting que um Benfiquista poderia desejar. Por isso, Koeman, defende-o!
E agora, que já gastei um porradão de palavras, resta-me desejar que o Benfica leve de vencida um Guimarães que certamente virá apostado em distribuir molho de fazer hematomas por toda a parte. Assim o permita o árbitro e os comandados do Jaime Pacheco até às bancadas hão-de subir a fim de fazerem o que mais gostam.
Força Benfica allez!

Bem haja!

1 comentário:

pnv disse...

Comentário de exactidão extrema e objectividade impersionante. De tão bom não posso dizer bestial, que ainda se podia confundir com a defesa tripeira, que de bestial só tem a parte das bestas.