outubro 03, 2005

Panzer nortenho travado nas trincheiras da LUZ...


Pacheco está na profissão errada. Pacheco devia estar a orientar uma equipa das forças especiais Vietnamitas. Assim não amassava as equipas Portuguesas e dedicava o seu tempo ao uso integral da força, de forma concensual e pragmática.

O Benfica marca mais uma vez cedo numa jogada bem gizada e concluída por Fabrízio na sua estreia a marcar na Liga Portuguesa cujo nome ainda está em stand-by, mais ou menos.
Depois do golo, e a ajudar Geovanni na sua postura em campo, a equipa de Vermelho perdeu o meio campo e perdeu lucidez no momento do passe e na transição meio campo ataque. Por momentos Petit e Manô andaram às moscas perante a ofensiva torrêncial, mas também à força bruta, Vimarenense, acabando por sofrer um golo com culpas para Rocha.
Intervalo e Geovanni continua em campo...
Na segunda parte a cantiga foi outra. O panzer ficou sem forças e passou para o ataque individual corpo-a-corpo, tipo Ranger esfomeado na selva distante.
Por entre pancada e encontrões, pisadelas e foras-de-jogo assinalados por dois vesgos a pedir na esquina do parque Eduardo VII com outra rua qualquer, fomos subindo de produção. Pelas alas, subimos no terreno e o bravo capitão Simão, hoje um pouco apagado, driblou meia equipa de Guimarães para, numa tabela milimétrica, marcar o golo da vitória.

Ficam na retina o trabalho exemplar dos dois laterais, incansáveis e eficazes, a melhoria significativa do meio campo, com Petit e Manô a subirem de produção de forma significativa, a inclusão de Andersson que por vezes faz esquecer Ricardo Rocha e, ainda que polémicamente, o jogo inteligente das duas unidades atacantes ainda que sem facturarem as oportunidades, algumas flagrantes, possíveis. Karagounis estreou-se acusando pouco tempo de entrosamento com a equipa e em campo cumpriu, mas necessita de maior tempo de jogo. Mantorras encheu mais uma vez a Luz de misticismo ao entrar e por pouco, muito pouco não marcou.

Resumindo, os oito pontos do início já só são quatro, a lagartagem ficou a dois e, se tudo for feito sem a ajuda dos tipos do apito que teimam em levar os tripeiros ao colo, na próxima jornada estaremos a um ponto do primeiro lugar, abafando o dragão com uma vitória contundente.

Durante quinze dias temos a Selecção Nacional que, esperamos convictamente, se vai apurar para a fase final do mundial da Alemanha em 2006.

Força Benfica.

Hop...

9 comentários:

Luis disse...

Para a história fica o resultado porque em termos exibicionais o BENFICA esteve muito abaixo do que pode e sabe fazer. Seja como for, amealhámos os 3 pontinhos e, melhor que isso, os nossos jogadores conseguiram escapar quase ilesos à fúria desenfreada dos comandados do PAuCHECO!

Saudações Benfiquistas.

V.P. disse...

... excepto o Tiago Targino, barbaramente agredido (mordido) por um cão rafeiro !!!

el p disse...

Pensei que não voltavas! Deves estar a confundir com uma determinada pisadela sobre o "cão rafeiro", que por acaso até foi convocado para a selecção canina cá do nosso país, quando este estava no chão!
Já vos começa a doer. Mas deixa, ainda vos vai doer muito mais.

lagartomortodefome disse...

Agora já tremem... è fodido.

Pensavam que ia ser na maior, mas nem as arbitragens vos vão safar.

Anónimo disse...

C.C.

V.P. VOLTAS-TE?NEM ACREDITO!HUM... JÁ SEI...NÃO FICAS-TE SATISFEITO C0M OS TRÊS MÓVEIS QUE DE DERAM. NÃO DESANIMES POIS DEPOIS DO NATAL PODE SER QUE TE OFEREÇAM O RESTO DA MOBILIA...

ESTAMOS LA QUASE...FORÇA PESSOAL NÃO PODEMOS DEIXAR DE APOIAR A NOSSA EQUIPA NEM NOS MOMENTOS MAUS POIS É COM A NOSSA FORÇA QUE ELES VÃO CONSEGUINDO...FORÇA BENFIQUISTAS FORÇA S.L.B.
UM ABRAÇO

V.P. disse...

Uma pergunta: Quantos de vós praticam futebol federado ?

lagartomortodefome disse...

Que é que isso importa??

Lagartos, enfim. ;)

V.P. disse...

dores de bancada, tém voçês muita ! cambada de bêbados e opinadores do desconhecido.

Anónimo disse...

o grande problema está nos sóbrios como "voçês"

lololol

federados na associação de futebol os pernetas lda., com "dores de bancada" lolololol