julho 18, 2008

Possessão em directo

Voltando à grande entrevista de ontem e, não querendo beliscar (muito) o carácter profissional de Judite de Sousa, que até já provou ser uma excelente jornalista, mas, escrevia eu, voltando à grande entrevista de ontem, eu estava capaz de jurar que a senhora estava possuída por algum espírito que, por um ou outro motivo, nutra um especial ódio de estimação pelo S.L.Benfica.

A forma como conduziu, ou despistou, a entrevista, procurando sempre curtar o raciocínio de LFV (sejamos justos, também não é assim tão difícil) mas, acima de tudo, a forma despudorada como procurou transmitir a ideia que o Benfica é que é o vilão deixou-me com a clara impressão que ali havia macumba, ou voodoo, ou bruxaria ou se calhar outra forma de bruxaria mais mundana e material.

Fiquei deveras abismado com a parcialidade de uma jornalista que aprendi a admirar ao longo destes anos. Mas, a verdade seja dita, o pouco letrado presidente do Benfica chegou e sobrou para as suas investidas sendo que, por vezes, dava mesmo a impressão de deixar a experiente jornalista sem saber bem para onde se virar.

2 comentários:

águia_livre disse...

Está Fantástico

Amigo Lf2p, vou-te "roubar" esta imagem para um dia destes fazer uma brincadeira lá no Nosso cantinho.

Um abraço.
.

biohazard disse...

Essa senhora estava bem era a alugar amor no "Calor da Noite".

Foi vergonhosa a forma como ela conduziu a entrevista, tentando sempre denegrir as opções e a tomada de posição do Glorioso no apito dourado.

Quando entrevistou o presidente dela (o senhor do gás), não a vi fazer nenhuma pergunta que o deixasse a pensar duas vezes, mais, foi quase como se lhe dessem tempo de antena para ele se explicar em horário nobre. Mais ou menos o que aconteceu com a entrevista do valentim na sic na sexta-feira.

SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS